ARARIPINA

ARARIPINA

CÂMARA MUNICIPAL DE ARARIPINA

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

POLÍCIA MILITAR DE ARARIPINA CONTINUA COM OPERAÇÕES A TODO VAPOR


A polícia militar de Araripina continua intensificando as operações na zona urbana e rural. Recentemente foi preso no centro da cidade o homicida Francisco de 22 anos que residia no alto do urubu e em outubro deste ano assassinou a facadas o jovem conhecido por Adriano de 18 anos, esfaqueando também outro jovem de nome Robson Barbosa residente no bairro da caixa dágua. Segundo informações do acusado, a confusão se deu em um bar próximo à feira do feijão, proximidades do Hortigranjeiro e foi causada por conta de um cd que a vítima fatal comprou a um camelô que passava no momento e ambos queriam ficar com o mesmo.
A arma utilizada no crime foi localizada e apreendida, a mesma estava empenada devido aos golpes que o assassino desferiu nas vítimas. O homicida está recolhido à cadeia pública local à disposição da justiça. Em outra operação da PM, Duas pessoas foram presas em rancharia por posse ilegal de arma de fogo,
uma pistola calibre 380 foi apreendida juntamente com algumas munições deflagradas.
O capitão França, atual comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de Araripina já informou através da imprensa que os bandidos não terão sossego enquanto ele estiver à frente daquela instituição policial. Segundo o capitão, parcerias com outros destacamentos estão sendo feitos, inclusive com o destacamento da cidade de Trindade que tem à frente o
Tenente Érikson. Por outro lado a polícia civil continua investigando para tentar chegar aos autores de um assalto a mão armada que aconteceu na serra que vai para Salitre-ce, fato ocorrido dia 20/12/07, quando três elementos armados de revólveres e encapuzados assaltaram um motorista de Santa Catarina de nome Lenil Donizete Gonçalves Mateus de 25 anos, levando da vítima mais de quinze mil reais em dinheiro. Os elementos fugiram sem deixar pistas.
Segundo o comissário Alexandre Campelo, o escrivão Arlondes Ríbeis e os agentes Ivan Honório e Roberto Delmondes da polícia civil, Já existem suspeitos do assalto ao motorista mas, os nomes estão sendo mantidos em sigilo para não atrapalhas as investigações.

Nenhum comentário: